domingo, 28 de fevereiro de 2010

      O lodo de esgoto é muito benéfico para a agronomia, mais ele deve ser utilizado com cuidado, segundo Lúcia Pittol. "Dependendo da origem, ele pode conter metais pesados, resíduos orgânicos tóxicos e outros componentes danosos à produção agrícola e à saúde humana. A utilização do lodo como adubo depende do município de origem e, principalmente, do tratamento que teve. O lodo só pode ser usado na agricultura quando devidamente condicionado", explica Pittol.O lodo de esgoto que foi utilizado no experimento provem da Estação de Tratamento de Jundiaí, no interior de São Paulo.
      Para que o lodo seja uma alternativa viável na agronomia, é necessária a participação das empresas de saneamento básico, que normalmente subsidiam a utilização do produto na agricultura pois precisam dar aos resíduos coletados nas áreas urbanas um fim ecologicamente correto. Nesse caso, os agricultores teriam de arcar somente com os custos de aplicação do produto.
      O sistema foi regulamentado pela Resolução 375/2006 do Conselho Nacional do Meio Ambiente (CONAMA).

Nenhum comentário:

Postar um comentário