sábado, 27 de março de 2010

      O Greenpeace está com uma campanha de repressão à Nestle, pois ela compra um tipo de olhopara a produção do chocolate KitKat de empresas que estão destruindo as florestas nativas da Indonésia. Não podemos simplesmente fechar os olhos perante essa barbaridade, peço que façam como eu, parem de comprar produtos Nestle até que a empresa se comprometa à comprar esse olho apenas de empresas que respeitem o meio ambiente.
      O link do vídeo publicitário promovido pelo greenpeace para essa campanha é: http://www.youtube.com/?watch?v=uBBFBXpXbSQ .
      Vamos mostrar à Nestle que nos importamos com o meio ambiente.

segunda-feira, 15 de março de 2010

      Pessoal, aqui estou eu de novo, e dessa vez é pra falar da "fonte da juventude".
      A "fonte" não é realmente uma fonte, mais algo muito menor, e vivo. É uma bactéria, que tem a capacidade de produzir uma substância que retarda os fatores responsáveis pelo envelhecimento das células, e esse composto quase que milagroso promete prolongar a vida de animais que estejam em boas condições de saúde.
      O nome da droga, que é retirada dessa bactéria, é a rapamicina (Rapamune), produzida pela bactéria Streptomyces higroscopicus, encontrada no solo da Ilha de Páscoaque, já vem sendo utilizada em transplantes de orgãos, e tem o poder de aumentar o tempo de vida.
      As experiencias que chegaram à esse resultado foram realizadas nas universidades de Michigan e do Texas. A droga foi inicialmente testada em ratos, que viveram cerca de 14% a mais ao tomarem o medicamento. A rapamicina consegue essa proeza pois ela inibe um mecanismo celular chamado mTOR, que é o responsável pela divisão, e envelhecimento, das células. Mais esse medicamento não apresenta apenas lados positivos, ele tem um efeito colateral, enfraquece o sistema imunológico. Por esse motivo, que pode ser catastrófico, os cientistas responsáveis por essa descoberta são enfáticos ao dizer que ninguém deve tomar o medicamento por conta própria. "A descoberta é importante porque abre caminho para o desenvolvimento de drogas que ajudam mais especificamente, sem efeitos colaterais", diz a bióloga Lynne Cox, da universidade de Oxford.

sexta-feira, 12 de março de 2010

      Estou demorando um pouco pra colocar a reportagem sobre a "fonte da juventude", mais aqui tem algo mais simples, só que muito importante.
      É uma página do greenpeace, onde você pode criar uma baleia virtual. Nessa baleia, que você pode personalizar para ficar como você quiser, contem uma mensagem para o primeiro ministro japones. A mensagem que você escrever é para incentivar que ele restrinja a caça às baleias, e gradativamente até que ela seja proibída.
      Não podemos perder essa chance, as baleias precisam de nossa ajuda, vamos ajudar.
      O endereço da página é: http://www.send-a-whale.com/
      Eu já mandei a minha baleia, e você?

sábado, 6 de março de 2010

      Pessoal, por hoje é só isso, mais para amanhã eu já tenho um novo assunto muito bom, a fonte da juventude. Até amanhã.
      Agora um novo assunto, que eu acho interessante. Você já se perguntou por que e como os gatos ronronam? Bem agora vai saber.
      Os gatos ronronam para demonstrar que estão satisfeitos com algo. E não é raro pegar um gato ronronando, pois eles sempre ronronam. Na hora do parto as gatas ronronam, os filhotes quando estão sendo amamentados, e o mais interessante é que uma pesquisa da Universidade de Sussex revelou que os ronronos tem diferentes frequências, dependendo da situação. Algumas frequências de ronronar são emitidas quando o gato está com fome, pedindo comida.
      Agora que já sabe porque os gatos ronronam, é hora de saber como eles fazem isso. Tudo começa em uma situação agradável, quando o gato está folgadamente deitado ou recebendo carinho, o sistema nervoso dele envia um sinal até a musculatura da laringe, é como se o sinal enviado fosse uma chave na ignição, que faz com que a laringe contraia e relaxe a cada 40 milésimos de segundo, e esse movimento é o suficiente para causar um deslocamento anormal de ar na entrada da laringe. Esse deslocamento de ar faz com que uma vibração seja transmitida pelo pescoço, e que pode ser sentida do lado de fora.
      É assim que os gatos produzem aquele sonzinho característico de quando estão satisfeitos.
      O super molusco que é capaz de vives como uma planta é o Elysia chlorotica, que vive no litoral oeste dos EUA. Esse é o mais novo híbrido do planeta.
      Como ele faz isso? Se você está se fazendo essa pergunta, e tentando lembrar das aulas de biologia, não precisa quebrar a cabeça, a resposta é: o Elysia foi capaz de incorporar o gene psbO, originário de algas, e assim desenvolveu a incrível capacidade de fazer fotossíntese. Isso é um feito e tanto, e o Elysia é o primeiro animal de que se tem notícia a se alimentar de luz e CO2 apenas. "Ele consegue produzir sua própria energia, sem comer nada", explica o biólogo Sidney Pierce, da Universidade da Flórida. Se você está achando que essa nova capacidade é tudo que o Elysia tem de interessante, está muito enganado, ela é apenas a mais nova. Esse é um animal que tem chamado a atenção da comunidade científica, pois antes de ser um animal revolucionário, se alimentando como uma planta, os moluscos dessa espécie costumavam engolir algas, e usar os cloroplastos ( pedaços da célula que contem clorofila e são responsávei pela fase clara da fotossíntese¹) delas para que fizessem a fotossintese e preduzissem alimento para eles.
      O mistério de como esse molusco conseguiu se transformar em um híbrido ainda não foi solucionado, mais todas as pistas levam a crer que a teoria de Darwin é a culpada, a Teoria da Evolução. Por algum motivo, um indivíduo da população de moluscos sofreu uma mutação que o permitiu fazer fotossíntese, como essa característica o ajudou a sobreviver, e assim deixar mais descendentes do que os outros que não faziam fotossíntese, agora essa é uma característica da epécie, em outras palavras, ele foi favorecido pela seleção natural por poder se alimentar de luz e CO2. Darwin ainda é o cara, mesmo morto, só a sua divisão entre gêneros e espécies é que vai precisar de algumas mudanças.
      É isso o que vou falar sobre o Elysia, depois eu volto com mais fatos sobre a vida selvagem.
¹Trarei informações sobre o processo de fotossíntese logo.

      Esse é o nosso super molusco.

sexta-feira, 5 de março de 2010

      Acabei de ler uma coisa muito legal, a fotossintese não é mais algo inesistente no reino animal. É isso mesmo, agora um animal, mais precisamente um molusco, pode fazer fotossintese. Isso é incrível, não?