segunda-feira, 15 de março de 2010

      Pessoal, aqui estou eu de novo, e dessa vez é pra falar da "fonte da juventude".
      A "fonte" não é realmente uma fonte, mais algo muito menor, e vivo. É uma bactéria, que tem a capacidade de produzir uma substância que retarda os fatores responsáveis pelo envelhecimento das células, e esse composto quase que milagroso promete prolongar a vida de animais que estejam em boas condições de saúde.
      O nome da droga, que é retirada dessa bactéria, é a rapamicina (Rapamune), produzida pela bactéria Streptomyces higroscopicus, encontrada no solo da Ilha de Páscoaque, já vem sendo utilizada em transplantes de orgãos, e tem o poder de aumentar o tempo de vida.
      As experiencias que chegaram à esse resultado foram realizadas nas universidades de Michigan e do Texas. A droga foi inicialmente testada em ratos, que viveram cerca de 14% a mais ao tomarem o medicamento. A rapamicina consegue essa proeza pois ela inibe um mecanismo celular chamado mTOR, que é o responsável pela divisão, e envelhecimento, das células. Mais esse medicamento não apresenta apenas lados positivos, ele tem um efeito colateral, enfraquece o sistema imunológico. Por esse motivo, que pode ser catastrófico, os cientistas responsáveis por essa descoberta são enfáticos ao dizer que ninguém deve tomar o medicamento por conta própria. "A descoberta é importante porque abre caminho para o desenvolvimento de drogas que ajudam mais especificamente, sem efeitos colaterais", diz a bióloga Lynne Cox, da universidade de Oxford.

Nenhum comentário:

Postar um comentário